A União Europeia constitui-se como uma parceria económica e política com características únicas, atualmente composta por 28 países europeus, que, em conjunto, abrangem uma grande parte do continente europeu.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, e com o objetivo de lançar as bases de uma paz duradoura e de prosperidade económica, cria-se em 1957 a Comunidade Económica Europeia (CEE), inicialmente constituída por seis países: Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e Países Baixos. Desde então, assistiu-se à criação de um enorme mercado único cujas potencialidades continuam a ser desenvolvidas.

A Bandeira Europeia

Esta é a bandeira da Europa, símbolo não só da União Europeia, mas também da unidade e da identidade da Europa em sentido mais lato. O círculo de estrelas douradas representa a solidariedade e a harmonia entre os povos da Europa.

As estrelas são doze porque tradicionalmente este número constitui um símbolo de perfeição, plenitude e unidade. Assim, a bandeira mantém-se inalterada, independentemente dos alargamentos da UE.

A UE possui um enquadramento institucional único:

  • as grandes prioridades (orientações políticas gerais) da UE são definidas pelo Conselho Europeu, que é composto pelos Chefes de Estado ou de Governo e pelo Presidente da Comissão, mas que não tem poder para adotar legislação;
  • os eurodeputados representam os cidadãos europeus no Parlamento Europeu e são por eles diretamente eleitos;
  • os interesses da UE no seu conjunto são defendidos pela Comissão Europeia, cujos membros são designados pelos governos nacionais;
  • os países defendem os seus próprios interesses nacionais no Conselho da União Europeia.