As contas económicas da agricultura mostram que a produção agrícola total na União Europeia ascendeu a 434,3 mil milhões de euros a preços de base em 2018, o que representa um ligeiro aumento (0,6 %) em relação a 2017. Em 2018, o equivalente a 58,2 % (ou 252,6 mil milhões de euros) do valor da produção agrícola gerada foi gasto no consumo intermédio (bens e serviços a montante), enquanto o valor acrescentado bruto (valor da produção menos valor do consumo intermédio) correspondia a 41,8 % (ou 181,7 mil milhões de euros). A combinação do reduzido aumento do valor da produção agrícola e do maior aumento do consumo intermédio (+3,8 %) resultou numa diminuição do valor acrescentado bruto (-3,5 %) gerado pelo setor agrícola da UE em 2018, em comparação com 2017. Com 77,2 milhões de euros (ou cerca de 18 % do total da UE) em 2018, a França registou a maior produção agrícola total na UE, seguida de Itália, Alemanha e Espanha. A produção agrícola portuguesa ascendeu a 7,7 mil milhões de euros, ou cerca de 1,8 % do total da UE. Estas informações provêm dos dados finais publicados pelo Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia.