No dia 31 de maio celebramos o Dia Mundial sem Tabaco, sensibilizando as pessoas para os efeitos prejudiciais e mortais de fumar, bem como do uso de produtos do tabaco. A nível mundial, os números são surpreendentes - todos os anos, há mais de 7 milhões de mortes associadas ao tabaco no mundo inteiro. 

A este propósito, partilhamos convosco um excerto de uma declaração de Vytenis Andriukaitis, comissário responsável pela Saúde e Segurança Alimentar: O consumo de tabaco é o maior risco evitável para a saúde e a principal causa de morte prematura na UE, sendo responsável por quase 700 000 mortes por ano. Não se trata apenas de um número. Trata-se das nossas famílias, dos nossos amigos e colegas. Estou particularmente preocupado com os jovens que utilizam cigarros eletrónicos e outros novos produtos tais como o tabaco aquecido, que são cada vez mais comercializados com alegações enganosas. 29% dos jovens europeus entre os 15 e os 24 anos fumam. Quantos deles utilizam alternativas que prejudicam os seus pulmões? 

Para saber mais, clique aqui