Emprego, investimentos, desafios da migração e segurança serão os pontos fortes para o orçamento da UE para 2018. 

O orçamento da UE ajuda a transformar as prioridades políticas em realidade. O orçamento aprovado da UE para 2018 confirma que a União está a orientar o dinheiro para onde ele é necessário. Em 2018, e de acordo com a proposta de maio deste ano da Comissão Europeia, a maior parte do orçamento será destinada a estimular a criação de emprego, sobretudo para os jovens, bem como a estimular o crescimento, os investimentos estratégicos e a convergência. A UE continuará igualmente a apoiar os esforços no sentido de abordar de forma eficaz o desafio da migração, tanto dentro como fora da UE.